Você e eu somos pais, mas também um casal

Meus filhos estão brigando: como amenizar
10/12/2018
Paparicar e cuidar: qual a diferença?
07/01/2019

Alguns pais dedicam tanto a sua atenção aos filhos que se esquecem de cuidar do companheiro, de zelar pela relação. Hoje eu gostaria de conversar com você que precisa renascer após a maternidade, especialmente no que se refere ao erotismo, ao relacionamento com o seu esposo.

 

Vocês não são mais os mesmos de antes

 

É fato quando as pessoas dizem que o casal não é mais o mesmo de antes do nascimento do bebê. A família aumentou, de dois vocês passaram a ser três, e agora há um ser que depende dos seus cuidados para sobreviver.

 

Tanto o homem quanto a mulher sofrem uma revolução interna quando se tornam pais, quando seus papéis de pai e mãe estão se constituindo. Vocês terão novas responsabilidades de agora em diante, e elas certamente afetarão a vida do casal.

 

É possível que o relacionamento sofra uma crise

 

No puerpério, a mãe precisa priorizar o atendimento ao filho. O pai, por vezes, se sente deslocado, deixado de lado, sem saber onde ficar e como se comportar. Assim, uma crise no relacionamento pode acontecer.

 

Contudo, é importante que o pai se faça presente na vida do filho, e também como membro da rede de apoio da mulher. Tudo muda na vida do casal, mas é fundamental que a transformação seja positiva. É um desafio, sem dúvidas, mas quando há cumplicidade, é possível passar por esse momento de transição sem tantos abalos no casamento e, quem sabe, percebam que o amor se solidificou ainda mais.

 

A relação do casal deve ser alimentada

 

Após a alta da maternidade, é imprescindível que a nova família tenha momentos de solidão e intimidade, para adaptação de seus novos papéis e estabelecimento de sua nova rotina. Haverá tempo para os amigos conhecerem o bebê, para que os familiares o mimem, mas é importante que os primeiros dias sejam para aninhar seu filho, para preencher a casa com a companhia apenas da família composta por pai, mãe e bebê.

 

Não é necessário muito tempo para o estabelecimento dessa nova rotina, geralmente basta o período da licença paternidade. Contudo, são dias preciosos para carinho, atenção e conhecimento do bebê. É a época de fortalecer vínculos com a criança, mas também entre o casal, que agora se enxergará como família, como pais de um bebê, não somente como homem e mulher.

 

É claro que os primeiros dias após o nascimento do bebê não serão fáceis, eles estarão repletos de desafios, dificuldades e descobertas. Todavia, é o momento de alimentar a relação do casal, da troca de olhares, da cumplicidade, do afeto que perdurou desde a época do namoro.

 

A nova rotina exigirá muita atenção ao bebê, mas também é o momento de aprender a dois, de dar risadas e dizer palavras bonitas, de se cuidar mutuamente. É fundamental que o casal valorize os momentos, como faziam antes de serem pais.

 

Conte com sua rede de apoio

 

Provavelmente no início não será possível, já que o bebê demandará cuidados, em especial da mãe, mas com o passar dos meses vocês poderão contar com a sua rede de apoio para fortalecer a união do casal. É importante que se curtam, que saiam sozinhos para jantar, ir ao cinema, que passem momentos a dois, como casal, e não como pais.

 

Não se esqueça que o relacionamento é construído no dia a dia, na vivência da rotina e no fortalecimento de vínculos, e que vocês são pais, mas também são um casal. Aproveitem a vida juntos, para que não sofram mais tarde com a solidão, a carência, a falta de afetividade, quando o ninho ficar vazio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *