O que é luto após o parto e como superá-lo?

Como dialogar com os avós do seu filho?
03/10/2018
Por que uma mãe deve fazer terapia?
11/10/2018

O que é luto após o parto e como superá-lo?

Mulheres que engravidaram, são mães. Contudo, nem todas têm seus filhos nos braços. O luto após o parto é algo sério, pois estamos falando de expectativas e de sonhos não concretizados. Se você está passando por esta situação, acompanhe o artigo para conhecer de elaborar a sua perda.

 

A dor pela perda de um filho

 

Se você perdeu seu filho recentemente, na gestação ou após o parto, deve ter ouvido de muitas pessoas bem-intencionadas, várias coisas que você não gostaria de ouvir, como: você logo vai engravidar novamente, foi Deus quem quis assim e por aí vai.

 

Você bem sabe que cada filho é único, e a emoção que cada um passa também é exclusiva. Ele nunca será substituído, mesmo que você tenha vários outros filhos.

 

Seu filho se foi, mas não a sua identidade de mãe. Você gestou, amou, preparou tudo para sua chegada, mas seus braços estão vazios. A dor do luto na gestação ou após o parto é cruel, é intensa, mas você sabe muito bem disto, não é mesmo?

 

Seu coração está apertado, e muitas vezes você pode se sentir culpada por algo que fez (ou que não fez) durante a gestação e logo após o parto. Contudo, para superar este sentimento, esta dor, você administrar o sentimento da culpa, seguindo as cinco fases do luto.

 

As cinco fases do luto

 

Se o luto tem cinco fases, isto quer dizer que ele tem começo, meio e fim. Portanto, dando tempo ao tempo você pode superá-lo, sem necessariamente ter que fazer uma psicoterapia, embora ela também seja de grande valia. As fases são: negação, raiva, barganha, depressão e aceitação, e você terá altos e baixos enquanto passar por elas.

 

Para tornar a sua dor mais suportável, dê um nome ao bebê, se você ainda não tiver feito isto. Nomeá-lo facilita a criação de sua identidade, bem como a sua despedida. Ao invés de esconder ou descartar tudo o que se refere ao bebê, crie um espaço para suas recordações: um baú ou uma caixa que contenha alguns objetos dele, como ultrassonografias, roupas, sapatos, itens que trarão conforto emocional a você.

 

Cerimônias de despedida são importantes para a assimilação dos acontecimentos e das suas emoções. Sendo assim, crie a sua despedida personalizada, por exemplo, o plantio de uma árvore ou rituais religiosos. Faça o que mais lhe agradar, escolhendo a cerimônia que mais trouxer significado ao momento.

 

Se você tem outro filho, transmita a ele a libertação da culpa. Crianças maiores costumam ser um pouco ciumentas com relação a seus irmãos, e elas podem acreditar que o falecimento tenha sido causado por seus sentimentos. Explique tudo a ele de forma que ele entenda o que aconteceu.

 

Procure apoio psicológico

 

Estima-se que a elaboração do luto dure até dois anos. É claro que cada pessoa possui um tempo de superação único, portanto é preciso respeitar cada etapa. Não tenha medo de encarar suas emoções, isto auxilia na aceitação da perda, diminuindo o período de luto.

 

Acompanhamentos psicológicos são muito bem-vindos no luto após o parto, pois proporcionam apoio e fortalecimento além do que você supostamente recebe da família e dos amigos, mas o suporte profissional auxilia na desconstrução da culpa e de diversos temores, melhorando a sua saúde mental e prevenindo o surgimento de quadros como depressão, ansiedade, e depressão pós-parto em caso de gestações futuras.

 

Pegando gancho nas últimas palavras do parágrafo anterior, o suporte psicológico também lhe auxiliará quando engravidar novamente, evitando idealizações do bebê perdido e confusões de identidade entre as duas crianças, situações que podem prejudicar a criação e o fortalecimento de vínculos com o bebê que nasceu.

 

Como você pode perceber, o luto gestacional ou após o parto está sendo um período delicado de sua vida, mas você poderá superá-lo e  renascer após a maternidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *